IRIS

Quem somos


O IRIS é uma Instituição Particular de Solidariedade Social vocacionada para o atendimento de jovens e adultos com deficiências de diferentes naturezas e graus de gravidade, proporcionando-lhes actividades que visam o desenvolvimento global, a sua autonomia e independência pessoal e criando condições sócio-afectivas favoráveis à sua reabilitação e integração na sociedade.


Esta Instituição está sediada no Lugar da Agrinha – Nogueira, Braga, funcionando desde o Ano Lectivo de 1993/1994 (autorização pelo Diário da República de Março de 1993) em instalações próprias e devidamente concebidas e equipadas para o desenvolvimento da sua actividade.


Teve a sua origem no M.A.D.I. (Movimento de Apoio ao Diminuído Intelectual), delegação Norte, em 1988, tendo funcionado em instalações provisórias no Seminário de Montariol. Estas instalações tinham a vantagem da excelente localização em termos de vista e contacto com a natureza, mas depressa se tornaram pequenas para as solicitações.


Possui uma equipa pluridisciplinar – Monitores, Professor de Educação Física e Natação, Auxiliares de Ensino Especial, Psicólogas, Assistente Social, Terapeuta Ocupacional, Fisioterapeuta, que dão um apoio técnico nos planos físicos, psicológico e social, bem como um apoio à família, prestando um atendimento personalizado aos seus utentes.


Todo o trabalho desenvolvido com os utentes é estruturado e programado com vista ao seu desenvolvimento humano e ao seu ajustamento social procurando encurtar as diferenças – melhorando a sua qualidade de vida.


População-Alvo


Na população abrangida por esta instituição podemos encontrar jovens e adultos com um ou mais dos seguintes problemas: défice intelectual, défice global de desenvolvimento, autismo, trissomia 21, paralisia cerebral, microcefalia, problemas de comportamento e distúrbios emocionais. Embora em menor número, verifica-se a ocorrência de patologias mais raras como: Síndroma Le crit du chat, Miopatia de Duchime e doença de Leigh. Concomitantemente, alguns alunos apresentam ainda epilepsia, insuficiência visual ou problemas de linguagem. Os utentes, com idades superiores a 18 anos, provêm de diferentes níveis culturais e sócio-económicos e, em termos geográficos, distribuem-se por Braga e localidades adjacentes.

 

 

Contas de 2016 (cumprimento do Artigo 14.º-A, do Estatuto das IPSS)

Balanço
Demonstração de Resultados

Powered by Peakit